sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Simplesmente - Obrigada Por Tudo

Para mim não precisa de um dia de data fixa, para lembrar dela, só preciso estar respirando.
Tudo devo a ela!
Minha mãe querida, dói a saudade de poder estar ao seu lado, lhe abraçar, se bem que ela não gostava de agarramento, dói a falta dos momentos de bater papo, de trocar experiençias e receitas, risadas, dói  não ver mais seu dengo e carinho com seus netos, bisnetos e família, enfim dói não lhe ver mais.
Só que, com a mesma garra e força que sempre teve em sua vida, hoje procuro viver, e trasformo toda dor e saudade em Amor, Amor por tudo que também era seu amor, acho que vivendo assim a faço feliz, onde esta. Tenho certeza que ainda cuida de todos como, fazia quando aqui estava. Que de onde esta interceda a Deus por nós. Então, é só continuar à agradecer, OBRIGADA MÃE POR TUDO, DEUS A TENHA!
 - Quando escrevia esse texto, sua bisneta, de um ano e dois meses, subiu na cadeira e bateu nas teclas e digitou esses o o o, dai quando falei a outra, correu e disse eu também quero escrever para a vó Iracema, taí a homenagem das duas bisnetas de Iracema à ela.

helena

0
0
0
Foto e texto: Maria Auxiliadora ( filha de Iracema)
                           

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores