sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

CONTINUAÇÃO DE MAIS UMA SEMANA ATÍPICA!


Relembrando um pouco:  Após der sido encontrado depois de cair do ninho, passamos a cuidar agora de um bem-te-vi. Ele tinha as penas maiores da sua asinha direita quebrada, provavelmente foi pela altura que caiu sem saber ainda voar, pois era um filhote. A história quase se repetiu como a do periquito. nas primeiras vezes, tinha que forçar para abrir seu bico para lhe dar comida (minhoca, banana e ovo,cozido) em uns três dias, já acostumou e já abria o biquinho para comer e logo a sua  mãe começou a alimentá-lo novamente, ele ficava durante o dia em uma casinha aberta, e nas árvores e no jardim. Para nossa alegria e surpresa, logo sua mãe voltou a alimentá-lo, aí passamos, a colocar comida para ela, e ela o alimentava. Durante o tempo que ela não estava perto, pois também cuidava do seu irmãozinho que ficou no ninho, (descobrimos observando-a) e a hora que saia,buscar outro tipo de comida, nós o  observávamos, e durante a noite o recolhíamos,  pelo frio e medo dos gatos o pegarem pois volta e meia ele ia para o chão. 
Assim era nosso dia a dia, além de todos os outros serviços já assumidos, agora estávamos em volta de ajudar um bem-te-vi a se recuperar, desde do dia 23/06/16. 
No dia 26/11/16, quando examinando suas asas, descobri que além de estarem quebradas as penas, também tinha nas duas por dentro, larva de berne,
Tirei uma a cada dois dias para não judiar muito dele e fiz curativo, depois disso a cada dia ele estava mais fortinho (as fotos não ficaram muito boas mas da para ver, que dó, quanta dor deve ter passado, os bichos estavam grandes), tirei dois e um encontrei caído no chão do banheiro, saiu sozinho provavelmente devido aos remédios dos curativos.
No dia que o tratava, que retirava o bicho, notava que ficava triste, acho que devido a dor, mas no outro dia era só alegria dava para perceber. Meu marido até então acompanhava de longe, acho que não acreditava que sobreviveria, confesso que as vezes também tinha minhas dúvidas,
Segue em breve...
Fotos e texto: Maria Auxiliadora


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores