sexta-feira, 6 de abril de 2018

ETERNAS SAUDADES DESTA GUERREIRA, QUE FAZIA ANIVERSÁRIO EM 03/04


                                                                        GÉRCIA
Seu nome, Gércia Divina da Costa, nascida em Águas Claras – MS, em três de abril de mil, novecentos e trinta e três. Foi a filha natural mais jovem do casal Aloysio e Abadia Wanick.
Viveu sua infância e mocidade na cidade de Três Lagoas – MS, em companhia de seus pais e irmãos.
Teve seu caráter formado e construído com os mais sólidos princípios do amor pela família, da bondade, da simplicidade, da honestidade, do desapego ao poder financeiro da matéria com moral e estrutura ética.
Teve três irmãs naturais: Nair, Iracema e Violeta. Teve também três irmãos por afinidade: Luzia, Aloysio e Marcos Antônio. Amou a todos sempre e de forma incondicional.
Contraiu matrimônio na mesma cidade de Três Lagoas, com o jovem militar Juarez Francisco da Costa, nascido em Mafra – SC, em onze de maio de mil, novecentos e trinta e um. Desta união nasceram quatro filhos: Lilian, Léslie, Juarez e Jean (pela ordem cronológica decrescente de suas idades).
Seu esposo Juarez foi seu único e grande amor. Esperamos que hoje, no plano espiritual em que ambos se encontram, tenham finalmente compreendido que um amor de tamanha intensidade não pode jamais ser desperdiçado, nem por quem dá e nem por quem recebe.
É sobre esta mulher maravilhosa, esta mãe magnífica que tentaremos falar neste pequeno emaranhado de palavras, que não tem a pretensão de descrevê-la, pois esta é uma tarefa impossível.
Quem teve a felicidade de conhecê-la sabe que tentar descrever um ser tão belo fica limitado a dar vida a meras palavras que o sonho humano alimenta. Mas apesar de não ser possível expressá-la em sua plenitude, ninguém que a tenha conhecido, deixará de compreender tudo que aqui se materializa.

UMA BELEZA SIMPLES E INTANGÍVEL
A beleza que a natureza lhe proporcionou era algo incomparável. Foi uma belíssima mulher, tanto na análise física como naquela que contempla a personalidade, o caráter e a bondade de um ser humano.

Foi uma mulher dotada de uma beleza com os ares da felicidade mesclada das nuances mais puras da simplicidade. Sua alegria era contagiante. Sua risada, inesquecível.
Sua beleza era idêntica à beleza da rosa, que nos concede o poder de ver as cores do arco íris. Seu sorriso largo e sincero nos dava a visão de um botão da roseira depois de cada neve. Suas palavras certas e carinhosas nos dava a promessa do sol depois de cada tempestade e sua bondade sempre nos deixou clara a presença do amor de Deus. 
SEGUE, EM SUA PÁGINA AQUI NESTE BLOG....

Seguidores